Visita o perfil de Sofia no Pinterest.

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Infusão de Sabores

...as minhas experiências culinárias!

Infusão de Sabores

...as minhas experiências culinárias!

Pão-de-ló em creme

Foi feito por altura da Páscoa, e no meio de tanta fotografia ficou perdido...

É o único pão-de-ló que até agora me atrevi a fazer e para quem gostar de ovos moles, é o ideal!

 

Ingredientes:

3 ovos inteiros

9 gemas

150g de açúcar

75g de farinha

manteiga e farinha q.b.

 

Preparação:

Bater muito bem os ovos com o açúcar até ficar um creme fofo e esbranquiçado.

Adicione, pouco a pouco, as gemas previamente desfeitas.

Continuar a bater até a massa ficar muito fofa e duplicar de volume.

Adicionar, cuidadosamente, a farinha peneirada, sem bater.

Deitar a massa numa forma de mola de 24cm de diâmetro, untada com manteiga e polvilhada com farinha e levar ao forno a cozer em forno bem quente (225ºC) durante 10 minutos.

Retirar do forno e deixar arrefecer na forma. Abrir a cinta depois do bolo frio e colocá-lo , com a base, num prato de servir.

 

 

A decoração é a gosto, eu coloquei uns fios de ovos (comprei já feitos) á volta.

Lulas à marinheiro

Vi, experimentei e adorei!

Foi no blog "ensaios  culinários" que vi esta receita e ficou logo guardada no meu caderninho à espera de uma oportunidade para as fazer.

Muito simples de se fazerem (tal como eu gosto), ficaram realmente uma delícia!!

lulas à marinheiro

 

Ingredientes:

800g de lulas cortadas em argolas

1 cebola picada

2 dentes de alho

miolo de camarão

1 caldo de marisco

1dl de água

2dl de cerveja

azeite, farinha q.b.

coentros ou salsa (não usei)

 

Preparação:

Depois de lavar bem as lulas e enxuga-las bem, polvilhar as lulas com farinha e sacudir e excesso.

Alourar a cebola e o alho no azeite, e quando estiver mole acrescentar as lulas e deixar alourar.

Adicionar o miolo de camarão e passados 5 minutos deitar o caldo de marisco a água e a cerveja.

Tapar e deixar cozinhar até as lulas estarem tenras. Pode polvilhar coom coentros ou salsa.lulas à marinheiro 2

 

 

 

 

 

Acompanhei as lulas com arroz de manteiga e uma salada de alface e tomate cherry.

 

lulas à marinheiro 3

Celebrar Maio com um bolo especial - Bolo de limão

Mais um desafio a circular pela comunidade blogueira de culinária.

Desta vez é a Anna que lança o desafio: Um bolo especial, para celebrar o mês de maio e também o seu aniversário.

Clara que tinha que participar e a escolha não foi muito díficil, uma vez que sou eu quem costuma fazer os bolos de aniversário cá em casa.

Este bolo que escolhi "Bolo de laranja", foi um dos primeiros bolos que fiz quando comecei a dedicar-me á culinária. Apaixonou toda a gente  (a mim particularmente), não só pelo seu sabor, como pelo aspeto e pela fácil e rápida confeção.

 

Ingredientes:

200g de manteiga

150g de açúcar

1c. (sopa)de açúcar baunilhado

1 pitada de sal

3 ovos

250g de farinha

1c. (chá) de fermento

1 limão e 1 laranja

200g de açúcar em pó

 

Preparação:

Bater a manteiga até ficar espumosa e juntar pouco a pouco  açúcar, o sal e os ovos um a um. Aquecer o forno a 200ºC. Misture a farinha com o fermento em pó e juntar ao creme de ovos, adicionando também a raspa e o sumo de limão.

Deitar o preparado numa forma de tabuleiro untada e levar ao forno durante cerca de 20 minutos.

Dissolver o açúcar em pó no sumo de laranja até obter uma consistência espessa. Deitar por cima do bolo ainda quente.    

 

   

 

Tarte de chocolate merengada para o Capuchinho levar á avozinha

O blog receitas da belinha gulosa, está de parabéns! Faz hoje 4 aninhos que nos delicia com receitas maravilhosas, e para comemorar a Isabel (autora) lançou um desafio em que quer saber o que é que a Capuchinho Vermelho leva no cesto para a avózinha lanchar!

Não podia deixar de participar, e depois de andar ás voltas nas minhas pesquisas encontrei esta maravilhosa tarte de chocolate merengada que tinha feito há uns dias atrás e que encantou.

Pois, se encantou cá em casa, com toda a certeza que vai encantar a "avózinha"...

 

Aqui deixo então a minha sugestão e os meus parabéns á belinha gulosa pelas receitinhas que nos tem deixado ao longo de 4 anos.

 

Tarte de chocolate merengada

 

 Ingredientes:

 Base:

225g de biscoitos digestivos de chocolate

55g de manteiga

 

Recheio:

3 gemas

4c. (sopa) de açúcarem pó

4c. (sopa) de farinha de milho

600ml de leite

100g de chocolate, derretido

 

Merengue:

2 claras

100g de açúcar em pó

1/4 c. (chá) de essência de baunilha

 

Preparação:

Esmagar os biscoitos e misturar a manteiga derretida. Depois de bem misturado, forrar uma tarteira com 23cm, com os biscoitos pressionando firmemente.

Para o recheio, bater as gemas com o açúcar e a farinha de milho, adicionando um pouco de leite. Aquecer o restante leite, até ferver e deitar lentamente sobre a mistura de ovo, batendo sem parar.

Levar ao lume brando, mexendo sempre, até engrossar. Retirar do lume e juntar o chocolate derretido. Despejar tudo na base de biscoito.

 

Para o merengue, bater as claras em castelo e ir acrescentando o açúcar, sempre a bater bem como a essência de baunilha, até ficar um preparado duro e brilhante.

Colocar o merengue sobre o recheio da tarte e levar ao forno pré aquecido a 160ºC, durante cerca de 30 minutos ou até dourar.

 

P.S. na receita original, indica que deve ser servido quente ou morno, mas aconselho a servir fresquinho, é muito melhor!)

 

Pizza improvisada

Ando a fazer uma limpeza à minha pasta das fotografias e vão aparecendo aquelas coisas que faço e que não seguem nenhuma receita, é tudo resultado da imaginação ou do existente na dispensa ;-)!

 

Primeiro foram as saladitas e agora esta pizza... feita num domingo qualquer á noite, em que se almoçou tarde e não havia barriga para um jantar muito elaborado!

 

Tal como nas saladas, não costumo "seguir" uma receita, vou improvisando com o que existe em casa e com o que gosto de encontrar nas pizzas (ás vezes é dificil encontrar-mos as combinações perfeitas nas pizzarias).

 

Pizza Improvizada

Então para esta pizza usei:

 

uma base p/ pizza (comprei a base já pronta)

polpa de tomate

cogumelos laminados

bacon

fiambre

salame

ovos de codorniz

orégãos p/ polvilhar

queijo ralado (usei um da marca continente, que já vem ralado, mas não me convenceu muito, pq parecia mais farinha de queijo e depois de ir ao forno não estava totalmente derretido, estava mais tostado!)

um fio de azeite

 

A preparação é muito simples: colocar a massa numa base própria para pizzas, espalhar a polpa de tomate. Por cima colocar o queijo ralado e os demais ingredientes. Voltar a deitar queijo e posteriormente os ovinhos de codorniz.

Polvilhar com os oregãos e regar com o azeite.

Vai ao forno até a massa cozer.

 

Pizza Improvisada 2

 

 Esta foi a minha 2ª pizza (na 1ª não tirei foto), e ficou aprovadíssima.

 

Bom Apetite!!

Saladas!!

Quem não gosta de uma boa salada, para acompanhamento ou simplesmente  para uma refeição mais leve?!

Eu adoro! Não só de as comer mais principalmente de as fazer. Quando comecei a dedicar-me á cozinha foi mesmo pela preparação das saladas. A minha mãe fazia o jantar e eu perdia tempos infinitos a preparar uma bela travessa de salada.

 

Tinha que sair tudo perfeito, os legumes dispostos quase milimetricamente na travessa!! Demorava por vezes uma hora a preparar a dita cuja, mas o resultado final era digno de uma publicação numa revista qualquer de culinária. Eu contentava-me com os elogios que recebia...

 

Atualmente não perco tanto tempo na preparação das saladas (a prática faz com que sejamos mais ágeis), mas ainda gosto de um bonito prato/saladeira.

O bom que tem as saladas é que podemos misturar quase tudo, é só ter um pouco de imaginação!

O tempo que se aproxima (não sabemos bem quando, ora está sol, ora chove), é muito propício á preparação e degustação destas.

 

Deixo aqui algumas sugestões:

 

Salada Mista (a mais básica de todas, mas que sabe sempre bem!)

salada mista

alface;

pepino;

tomate;

milho doce;

azeitonas

 

Salada com broa crocante (a ideia da broa vi no baunilha e caramelo)

salada com broa crocante

alface (partida em juliana)

milho doce;

rebentos de soja;

pepino;

broa (picada com alho e tostada no forno com um fio de azeite)

 

Salada à marinheiro (a preferida do meu pai)

 salada à marinheiro

alface;

ovo cozido;

atum;

sardinhas enlatadas;

delicias do mar;

(nesta coloquei, também, tomates cherry e rebentos de soja, mas não é habitual)

maionese, azeite, vinagre e sal (parao molho)

 

Salada de morangos e maçã (não sei que nome dar a esta)

salada de morangos e maça

alface;

morangos;

maçã;

pepino;

queijo p/ saladas;

ervas finas, sal, azeite e vinagre

 

Bom Apetite!!

Batatas Colmeia ou Batatas Sueca!?

Desde que vi estas batatas na blogosfera que não descansei em experimentar. Além de ficarem bastante bonitas ficam sem dúvida muito apetitosas!!

 

 Batatas Colmeia

Ainda por cima são facilíssimas de se fazer, só precisamos de:

 

batatas médias;

alhos;

orégãos;

azeite;

flor de sal

 

Lavam-se muito bem as batatas e dá-se uns golpes, sem ir ao fim. Entre cada corte colocar um pedaço de alho laminado.

Povilhar com a flor de sal, os orégãos e regar com o azeite.

Vão a forno médio, até ficarem cozidas.

 

Uma maneira fácil, original e saborosa de servir batatas!

Batatas Colmeia 

 

Bom Apetite!!

Vai abrir o seu restaurante. Que sobremesa colocaria na ementa?

O sapo.blogs colocou esta pergunta e fez-me logo pensar em diversas sobremesas que adoraria apresentar aos meus eventuais clientes.

Umas por gostar imenso, outras porque sei que são apreciadas pela minha habitual "plateia"!

 

Para mim tudo o que é tartes e cheesecakes, semifrios..., são uma delícia e dificeis de resistir:

 - Tarte merengada de limão;

- Cheesecake de morango;

- Cheesecake de caramelo;

- Tarte de manga;

- Bolo Moka;

- Tarte de morango...

 

Pudins.... também costumam ser muito apreciados, embora os que normalmente encontramos nos restaurantes não sejam do meu agrado! Só sabem a doce e nada mais, por isso eu colocaria também os seguintes pudins:

 

 pudim de paoPudim Flan

- Pudim de pão;

- Pudim flan (caseiro e não instantâneo);

- Pudim de ananás;

- Pudim de café;

- Pudim de bolacha...

 

Ainda existem aqueles doces de colher, que também gosto de encontrar nos restaurantes:

 

- Leite creme;

- Creme bicolor;

- Creme de requeijão...

 

Pois!! Com tudo isto, já apresentei um menu completo de sobremesas...é só escolher, pelo menos no "meu restaurante" se não ficarem satisfeitos com o almoço/jantar, ficam deliciados com as sobremesas! :-)

A pergunta parecia ser simples, mas afinal não é, pois não me consigo decidir por uma só sobremesa.

 

Muffins de chocolate com coração derretido

Já há bastante tempo que andava com vontade de experimentar estes Muffins de chocolate com recheio de bombom. Nas minhas visitas pela blogosfera, deparava-me muitas vezes com estes maravilhosos bolinhos que me faziam crescer água na boca.

Foi na Páscoa, que já lá vai, que surgiu a oportunidade de fazer mais experiências, e estes bolinhos foram uma dessas novidades.

 

Apesar de existirem diversas receitas destes muffins, a escolhida foi retirada daqui, e ficou aprovadíssima.

 

 

Ingredientes:

2dl de natas

60g de chocolate culinária

1 c. (sopa) manteiga

80g de açúcar

200g de farinha

1c. (sobremesa) fermento

1 ovo

bombons de ginja (Ex: mon cherry)

 

 

Preparação:

 

Levar as natas a ferver. Retirar e adicionar o chocolate partido, o açúcar e a manteiga. Mexer bem até derreter o chocolate.

Juntar a farinha e o fermento e bater bem até obter um creme fofinho. Juntar o ovo e continuar a bater.

Deitar uma colher da massa nas forminhas de papel, para muffins, colocar o bombom por cima e cobrir com mais massa (enchendo apenas 2/3 das formas, pois a massa cresce muito).

Vai ao forno pré-aquecido a 180ºC, durante cerca de 20 minutos.

 

 

 Bom Apetite!!